Agrupamento de Baldios da Serra do Gerês

ABSG-B&W

Manifesto "Pela Manutenção e Valorização do Pastoreio nos Baldios e Pela Viabilidade de Milhares de Explorações Pecuárias" assinado no dia 14 de março

No passado dia 14 de Março, na Câmara Municipal de Terras de Bouro, ocorreu a assinatura pública do manifesto intitulado “Pela Manutenção e Valorização do Pastoreio nos Baldios e Pela Viabilidade de Milhares de Explorações Pecuárias”. O encontro contou com a presença de destacadas entidades que representam uma variedade de regiões.

Os signatários incluem o Agrupamento de Baldios da Serra do Gerês (ABSG), a Associação dos Baldios do Parque Nacional da Peneda-Gerês (ABPNPG), a Associação Florestal dos Vales do Minho, Coura, Âncora, Vez e Lima (Atlântica), a Federação Nacional dos Baldios (BALADI), a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), a Cooperativa Agrícola do Barroso, C.R.L. (COOPBARROSO), a Cooperativa Agro Rural de Boticas – CAPOLIB e a Associação Florestal de Portugal (FORESTIS).

Este manifesto surge como um protesto reivindicativo relativamente à forma como é realizada a identificação das ocupações do solo no iSIP, especialmente a classificação “pastagem permanente – prática local”. O documento expõe as consequências econômicas, sociais e ambientais nas áreas baldias e seus compartes e que têm sido, cada vez mais, objeto de preocupação para as comunidades locais e para as entidades envolvidas.

Após a assinatura inicial, o próximo passo será recolher o maior número possível de assinaturas entre as comunidades locais participantes e concordantes com o Manifesto. Este movimento visa não apenas expressar descontentamento, mas também criar uma base sólida de apoio para a causa, demonstrando o compromisso coletivo com a preservação do pastoreio nos baldios e a sustentabilidade das explorações pecuárias.

Assim, este Manifesto representa um marco importante na defesa dos interesses das comunidades rurais e na preservação de práticas tradicionais que são fundamentais não apenas para a economia local, mas também para a biodiversidade e o equilíbrio ambiental.