Agrupamento de Baldios da Serra do Gerês

ABSG-B&W

Localização: Vilar da Veiga, Terras de Bouro, Braga

Área: 1.328,12 hectares

A Comunidade Local dos Baldios da Ermida, com cerca de 1.328,12 hectares, tem a sua área baldia circundante à aldeia da Ermida. A sua gestão é feita de forma autónoma pelo seu Conselho Diretivo.

Esta Comunidade Local está localizada em pleno PNPG, e é nela que podemos encontrar as famosas cascatas da Rajada, do Arado e de Várzeas. Na fronteira desta Comunidade Local também se encontra o conhecido poço Azul.

Existem vários miradouros onde se pode deslumbrar a paisagem circundante, bem como vários currais que servem de abrigo aos pastores da Vezeira da Ermida.

As etapas 13 e 14 da GR 50 Peneda-Gerês e o PR14 – trilho do sobreiral da Ermida são percursos pedestres que passam nesta Comunidade Local.

Relativamente à sua composição florestal, esta duma forma genérica é caracterizada pelos povoamentos de pinheiro bravo (jovens e adultos) desde a albufeira da Caniçada até um pouco acima do rio Arado. Mais a Norte do rio Arado, e até um pouco acima da Malhadoura e da Tribela, já se verifica a presença de folhosas, em povoamentos de bétulas e carvalhais, povoamentos de pinheiro silvestre (Malhadoura), e um povoamento adulto de sobreiro com mais de 50 hectares na Tribela. Mais a Norte, e até à Roca Negra, predominam as pastagens naturais. A beleza destes povoamentos acompanha quem pretende encontrar o Poço Azul, partindo da estrada da Cascata do Arado.

A presença de acácias e austrálias é uma constante e uma preocupação, verificando-se a sua presença em especial mais a Noroeste das áreas baldias.

Ao nível da sua gestão, esta incide sobretudo na exploração de material lenhoso proveniente da madeira de pinheiro bravo, na exploração de cortiça, em ações de valorização de povoamentos adultos de pinheiro bravo e de folhosas, bem como na renovação de pastagens. As ações preventivas de DFCI também não são esquecidas sendo anualmente alvo de planeamento e execução.