Agrupamento de Baldios da Serra do Gerês

ABSG-B&W

Associação de Compartes de Campo do Gerês

Localização: Campo do Gerês, Terras de Bouro, Braga 

Área: 1.117,52 hectares 

Esta propriedade comum com cerca de 1.117,52 hectares e inserida maioritariamente em PNPG, é gerida pela Associação de Compartes da Freguesia do Campo do Gerês, associação sem fins lucrativos, sendo composta por três tipos de propriedade: a parcela maior, teve origem num contrato enfitêutico perpétuo, celebrado em 4 de Fevereiro de 1895, por 36 outorgantes enfiteutas, chefes de família, em representação da comunidade local, com um foro anual de 3250 Reis, o qual foi remido em 1946. Outra parcela, mais afastada (a Nordeste), e encravada na Mata Nacional, já pertencia à comunidade local na altura do aforamento, em 1895. Uma pequena parcela de baldio propriamente dito.  

A sua área florestada é composta por povoamentos de pinheiro bravo, normalmente jovens, localizados junto à Guarda, a Corvelho e Meadei. O povoamento de carvalhos negral e alvarinho estão situados maioritariamente na Pereira e no Pinhote, a Norte da aldeia. É importante ressalvar a existência de medronhal com mais de 50 anos localizado entre o Sarilhão e a Fraga do Sarilhão, bem como o povoamento de várias folhosas junto à Fraga do Suadouro. Mais a Norte, predominam as paisagens compostas por vegetação natural, que servem de apascento para o gado e fauna selvagem. 

Esta Comunidade Local sempre foi suporte para recolha de lenhas e pastoreio para os seus compartes, e possui a sua gestão florestal certificada via PEFC e FSC® 

Atualmente a sua gestão incide sobre a manutenção dos espaços florestais e silvícolas, o controlo de núcleos de invasoras lenhosas, o aproveitamento da regeneração natural e a defesa da floresta contra incêndios com a implementação de ações preventivas, em especial na limpeza de vegetação em volta da aldeia. Esta Comunidade Local tem uma pequena empresa constituída por compartes a trabalhar quase em exclusividade para ela. 

A nível de atividades de lazer, e da visitação, podem ser usufruídos trilhos como a etapa 15 da GR 50 Peneda-Gerês, o PR5 – Trilho da Águia do Sarilhão e o PR11 – Trilho da Silha dos Ursos. A Norte-Noroeste encontra-se a albufeira de Vilarinho da Furna, bem como o caminho que acede à Bouça da Mó, para entrada em plena Mata Nacional da Albergaria. É nesta comunidade local que se localiza o maciço rochoso conhecido como Pé de Cabril, bem como a Fraga do Sarilhão. Outras estruturas como casas de abrigo e silha dos ursos podem ser encontradas nesta Comunidade Local.